Comunicações

Comunicação aos Encarregados de Educação

Estimados Pais/Encarregados de Educação,  

 

Como é do vosso conhecimento, inicia-se amanhã o novo ano escolar, no Agrupamento de  Escolas Tenente-Coronel Adão Carrapatoso, retomando-se o ensino presencial, após a  interrupção forçada de Março, decorrente de uma situação pandémica, que nesta data se  encontra activa, e com números de infecção diária que se vão aproximando daqueles que  forçaram o encerramento das escolas, e remeteram os nossos filhos a uma espécie de  “reclusão”, onde, embora se tenha procurado garantir a sua formação académica, impediu a sua  formação social e humana, já que os privou das brincadeiras, das conversas, das risadas, dos  choros, das discussões e todos os contactos presenciais com os seus amigos e colegas e que são  tão ou mais importantes, na sua formação humana, como a transmissão de conhecimentos  académicos.  

Daí que, se tenha decidido arriscar, no retomar do ensino presencial, numa tentativa de alcançar  a normalidade possível da vida das escolas, com uma série de regras, condicionamentos e  limitações absolutamente necessárias face á epidemia em que vivemos. Será a decisão mais  correcta? Ninguém o poderá afirmar com certezas absolutas… Apenas temos a certeza que os  nossos filhos/educandos têm o direito a manter o seu desenvolvimento nas melhores condições,  dentro das possibilidades e restrições existentes.  

Enquanto representantes dos encarregados de educação no Conselho Geral, temos  acompanhado de perto a aplicação das medidas e planos de contingência emitidos quer pelo  Ministério da Educação quer pela Direcção Geral da Saúde, às escolas do nosso agrupamento,  tendo sido informados em reunião daquele órgão realizada em finais de Agosto das principais  medidas que a Direcção do Agrupamento iria aplicar às escolas e que, de uma maneira geral,  constam do documento que lhes terá sido entregue pelos Directores de Turma e Professores  Titulares dos vossos educandos, em reunião que terá sido feita antes do início das aulas. Esta  articulação/coordenação da Escola com os Pais/Encarregados de Educação tem vindo a ser uma  das reivindicações em que mais temos insistido nas nossas intervenções no Conselho Geral e  que vem mostrando alguns frutos. Hoje mesmo, pelas 14H30, fizemos, enquanto representantes  dos Encarregados de Educação uma visita, acompanhada pelo Sr. Director e pelo Presidente do Conselho Geral às instalações das  escolas de Vila Nova de Foz Côa, onde pudemos verificar, no local, aquilo que vem previsto no  documento de Organização e Regras de Conduta que vos terá sido entregue. De uma  maneira geral, pudemos constatar que as instalações estão em conformidade com o que ali vem  descrito, devidamente sinalizadas e com os distanciamentos em sala de aula.  

Porém, uma parte do trabalho também nos compete a nós! Temos que contribuir, o mais  possível, para o cumprimento das regras de conduta, e assim minimizar os riscos de contágio,  evitando que os nossos educandos (e nós próprios) voltemos à situação de confinamento e  quarentena, sendo certo que o maior ou menor sucesso depende do maior ou menor grau de empenhamento que pusermos no cumprimento das regras estabelecidas. É certo que não há risco  zero… Mas de todos nós depende que esse risco seja o menor possível.  

Continuaremos atentos, acompanhando a situação, sugerindo o que entendermos ser de ajustar  e, sobretudo, ouvindo as vossas preocupações, medos e receios, transportando-os para o local  onde nos colocaram a representar-vos.  

 

Sempre ao v/ dispor, 

 

Um bom início de ano lectivo,  

 

Saudações Educativas  

 

Os representantes dos encarregados de Educação:

José Nuno Barreto  

Victor Sobral  

Sandra Ferreira  

Sónia Gouveia